FALAR...POR FALAR
... com sons e imagens... mas também silêncios, se fará esta conversa ... sempre ao sabor das palavras ...
25 de Fevereiro de 2015

Ah, o trabalho! Por causa dele não escrevo aqui há imenso tempo!

Mas, hoje, apeteceu-me. Lembrei-me de um recanto de Portugal que me surpreendeu.

Acho que já confessei aqui o quanto eu gosto de castelos.

Numa dessas minhas peregrinações em busca de castelos ainda não visitados, resolvi ir à Lousã. Sabia que tinha um castelo, mas nunca o tinha visitado.

Sabia que era um castelo medieval, provavelmente do século XI, ligado à Reconquista portuguesa, e que passara de mãos muçulmanas para cristãs e vice-versa. Servia para defender a fronteira, quando esta se consolidou na linha das serras da Estrela e da Lousã.

E, lá fui, seguindo as placas que indicavam o caminho, em direcção ao cimo do monte. O desejo era tanto de descortiná-lo ao longe que, de dentro do carro, os meus olhos varriam o horizonte tentando descobri-lo por entre as árvores. Mas, nada! Nem rastos de castelo!

Pensei que me tinha enganado no caminho ou que nada já restasse dele. Depois de tanto subir, era impossível não ter aparecido ainda!

Então, depois de uma curva, no meio do verde das árvores, ali estava ele, escondido na floresta, abaixo da linha do horizonte.

Acho que nunca tinha visto um castelo assim: parecia suspenso, sem terra a que se agarrar.

 

IMG_0525 - Cópia.JPG

 Apesar de pequeno, parece enorme com  a sua imponente torre de menagem, talvez do século XIV.

20141018_121409 - Cópia.jpg

A sua localização sobre um enorme penhasco, na margem do rio Arouce (daí ser também conhecido como castelo de Arouce), faz com que pareça estar situado numa ilha.

Na encosta, o santuário medieval de Nossa Senhora da Piedade, composto por três capelas dos séculos XIII-XIV, caiadas de branco, uma delas apresentando um frontal de altar em azulejos seiscentistas. De referir também a beleza ingénua do conjunto de imagens dos séculos XV-XVI, esculpidas em pedra de Ançã.

O lugar é mágico. Cogumelos belíssimos no meio da vegetação, as ermidas na encosta e, sobretudo, o barulho da água a correr pelas pequenas cascatas do rio envolvendo tudo. 

publicado por Til às 17:15 link do post
posts recentes

Castelo da Lousã

O tempo em Lisboa
arquivos
pesquisar neste blog
 
tags

25 de abril

alemanha conradin kreutzer viagens

alentejo solidão planície paisagem cante

ambiente

amor

annecy

ano novo

ano novo verdi la traviata libiamo

arte filme untitled pierre bourdieu

auschwitz gideon klein fotografia viagen

azulejos

barcelona m. caballé f. mercury picasso

bares

bergen hansa grieg fotografia

berlim muro de berlim viagens fotografia

bienal do mercosul porto alegre

boas festas natal

brasil

brasília niemeyer c.a. naves bossa nova

bruckner

budapeste hungria viagens

buenos aires

câmara de lisboa

carnaval portugês

castelo da lousã ermidas de nossa senhor

castelo rodrigo

castelos castelo de porto de mós

chopin

cidades

clima tropical

colónia do sacramento

concertos

copa do mundo 2014

copenhaga dietrich buxtehude fotografia

copenhaga museus arte contemporânea foto

copenhaga viagens carl nielsen

coqueiros

cozinha contemporânea viagens

crise impostos

cruzeiro

destaques

direitos dos cidadãos

discotecas

e-fatura; deduções no irs

elektra's death dance

entrudo

escandinávia

esplanadas

estado de santa catarina brasil neve

facturas

festas

festas juninas

festivais

festival da canção 2017

florença

fluidez de trânsito

fome políticos györgy kurtag

fotografia

foz do iguaçú cataratas animais natureza

francesco de milano

gastronomia

gatos cats b. streisand a.l.weber fotogr

globos de ouro 2012 vestidos

globos de ouro da sic 2016

granada alhambra generalife fotografia

guimarães

helsínquia a.aalto arte nova fotografia

helsínquia design sibelius k.mattila fot

helsínquia t.turunen r.sirkiä la traviat

holanda grande dique within temptation v

holmenkollen

humor

imperador adriano yourcenar memórias moz

incerteza

interferência de aparelhos electrónicos

jacaré-de-papo-amarelo manguezal florian

kloster eberbach cistercienses alemanha

laguna anita garibaldi marco de tordesil

lazer

leeds h.moore corinne b.rae fotografia

leis

lisboa fotografia viagens

liubljana viagens fotografia janez biten

liubljana viagens jacobus gallus fotogra

londres fotografia academy of st. martin

lopes morgado tema de lara

lucian freud david lawson masp

luz

lyon

mainz bach fotografia viagens

mainz gutenberg telemann fotografia viag

mainz igrejas händel fotografia viagens

malbork polónia micolaj z radomia fotogr

mar

masp fotobienalmasp são paulo

milão

música italiana

poluição

são luís do maranhão

viagens

todas as tags